Como ser um influenciador digital em 7 passos

Muitos dos meus clientes da Consultoria chegam até mim com um desejo muito concreto – ser influenciador digital.

Mas o que é, afinal, um influenciador digital?

Um influenciador digital é alguém capaz de influenciar a opinião e comportamento de outras pessoas através dos conteúdos que publica nos seus canais de comunicação.

Inicialmente, o conceito de influenciadores digitais implicava a influência de milhares de pessoas. Hoje em dia, já se falam em micro-influenciadores, à medida que os nichos foram ganhando cada vez mais relevância.

Todos querem ser influenciadores digitais, pensando que só há benefícios – dinheiro, eventos, produtos e serviços grátis. Quero começar por dizer-te que estás redondamente enganado se pensas que um bom influenciador digital é só rainbows and butterflies. Há MUITO (mas mesmo MUITO) trabalho a sustentar esta “fama digital” e todos os louros que com ela se obtêm.

Se não tens medo de arregaçar as mangas e pôr mãos à obra para seres um influenciador digital, continua a ler este artigo para aprenderes os passos básicos para atingires este teu objectivo.

Como ser um influenciador digital em 7 passos

Identifica o teu nicho

Pode parecer estranho estar aqui a falar de escolheres um nicho, porque a sensação é a de estares a reduzir a tua audiência, certo? Bom, por um lado tens razão – a tua audiência será mais restrita. Por outro lado, estarás a afirmar-te como especialista numa determinada área, no teu nicho e, portanto, os teus seguidores serão pessoas que estão verdadeiramente interessados no conteúdo que estás a partilhar.

Poderás chegar às dezenas de milhares de seguidores que sonhaste, mas irás produzir conteúdo que vai ir ao encontro das necessidades do teu nicho. E isso abre-te portas, também, para as marcas e colaborações.

As marcas procuram grandes influenciadores digitais? Sim, é claro que sim. Mas também procuram, cada vez mais, influenciadores digitais para determinados nichos.

Compreende a tua audiência

Saberes quais são as necessidades da tua audiência, do teu nicho, é importantíssimo para saberes qual o conteúdo a criar e até mesmo como optimizares as tuas redes sociais.

Se tiveres um projecto sobre peles com rosácea, pensa em quais são as necessidades do teu público. Só assim irás produzir conteúdo relevante e, até mesmo, contactar as marcas mais adequadas para parcerias que tenham, sempre, a tua audiência em mente.

Define e optimiza as tuas plataformas / redes sociais

Como influenciador digital, tens de criar e optimizar ao máximo a tua presença na internet. Contudo, e como já tinha falado algumas vezes aqui neste blog, nem todas as redes sociais fazem sentido para todo o tipo de nichos. Por exemplo, se fores uma blogger de moda, o Instagram e o Pinterest serão escolhas muito mais acertadas do que o Twitter e o LinkedIn.

No entanto, é preciso que percebas, também, se o teu público está em determinada plataforma. Conheceres bem a tua audiência faz com que percebas quais as plataformas onde se encontram. Se o teu público são millennials, há uma grande probabilidade que estejam no Instagram e no TikTok.

Podes escolher estar só em uma plataforma ou em várias. O que importa é que, para qualquer uma delas, optimizes o conteúdo para o formato adequado.

Não te esqueças que muitos influenciadores digitais também criaram um blog e tiram muito partido desta plataforma, usando as redes sociais como apoio na divulgação dos conteúdos do seu blog.

Cria conteúdo relevante

Nunca me canso de repetir – cria conteúdo relevante. Agora que tens um nicho e conheces bem a tua audiência, sabes qual o conteúdo que precisas de produzir para atender às necessidades do teu público.

Cria conteúdo único e autêntico. Escreve em bom português (usa correctores ortográficos para garantires que não passa nenhuma gralha) e de forma fluente. Utiliza imagens impactantes que não deixem ninguém indiferente. E, dependendo do teu público e das plataformas que usas para comunicar, desenvolve o conteúdo mais adequado – seja um artigo num blog, um vídeo no IGTV, um infografico, histórias, etc.

Lembra-te, bom conteúdo é a melhor estratégia que podes ter para aumentar os teus seguidores e conseguires parcerias.

Se precisares de apoio a criar conteúdo relevante, é um dos temas que mais abordo nas sessões de Consultoria para Influenciadores Digitais, e que estão a ajudar dezenas de bloggers a criar conteúdo que aumenta o engagement e gera novos seguidores.

Sê regular e consistente

A publicação regular de conteúdo de alta qualidade é uma das maneiras mais eficazes de reteres a atenção do teu público.

Planeia. É a única forma de seres regular e consistente e, portanto, de manteres a tua audiência presente. Quanto mais irregulares fores nas publicações – ora publicas todos os dias, ora ficas semanas sem aparecer – mais difícil será de os teus seguidores/leitores se lembrarem de ti e de apareceres nos seus feeds, por exemplo.

Antes de mais, sê realista. Quantas vezes por semana consegues publicar conteúdo relevante? Se for só uma vez, e embora seja pouco, é preferível que seja pouco a que publiques conteúdos de fraca qualidade ou sem interesse. Se definires que publicas todos os domingos, por exemplo, então terás de o fazer tal como se fosse uma consulta no médico que não podes adiar. Eu não te disse que ser um bom influenciador digital dava trabalho?

Um bom planeamento vai permitir-te antecipar o teu conteúdo a curto, médio e longo prazo e, dessa forma, garantires que não falhas publicações. Mantém as tuas plataformas com bom conteúdo, e terás a tua audiência por perto.

Interage com a tua audiência

Se alguém perder tempo a mandar-te uma mensagem, a enviar-te um e-mail ou deixar-te um comentário, ditam as regras da boa educação que respondas e, se possível, que cries uma conversa.

Seja num artigo do teu blog, nas publicações do Instagram ou até mesmo num vídeo no Youtube, apela à conversação com os teus leitores ou seguidores. Quando interages com a tua audiência, estás a envolvê-la ainda mais no teu conteúdo e a criar uma comunidade.

Não percas a oportunidade de estabelecer boas relações com a tua audiência.

Propõe colaborações

Esta é, provavelmente, a parte que mais querias saber e pela qual mais anseias. Quando atingires um patamar estável e no qual te sintas confortável, podes passar à parte de propor colaborações, seja com marcas ou com outros influenciadores digitais.

Garante que já tens números simpáticos (seja de engagement nas redes sociais, seja de visitas ao teu blog, por exemplo), para que eles joguem a teu favor mesmo se tiveres um projecto de menor dimensão.

Lembra-te: quanto mais relevante for o teu conteúdo e mais qualidade tiver, maior a probabilidade de conseguires estabelecer parcerias com as marcas que ambicionas. E, claro, quanto mais profissional for a tua abordagem às marcas, com um presskit bem elaborado e um email de apresentação bem construído, melhor o impacto que vais ter junto das marcas.

Se já és um bom influenciador digital e pretendes passar ao nível de abordagem de marcas mas não sabes como o fazer, marca já uma sessão de consultoria para aprenderes a criar parcerias com marcas com sucesso!

Conclusão

Ser um influenciador digital dá trabalho, e estes sete passos são apenas os mais básicos para te ajudar se estás a pensar começar. Mas não desesperes – há espaço para ti no mundo da influência digital. Apenas tens de começar bem desde o início e fazer tudo certinho para atingires os teus objectivos! E, se precisares de ajuda, estou cá para te ajudar durante todo o processo.

Comentar